Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Pequena Reikiana

Um blog de uma reikiana em constante aprendizagem...

A Pequena Reikiana

Um blog de uma reikiana em constante aprendizagem...

O cristal de cada chakra: Quartzo Rosa

6576134a43edef210336c696477e008394a7d77e_hq.jpg

 

Já aqui expliquei que o chakra do coração tem duas pedras associadas: a Aventurina Verde e o Quartzo Rosa, pedra sobre a qual irei falar um pouco neste texto. Enquanto a Aventurina Verde está mais ligada à cura, o Quartzo Rosa está mais associado ao amor incondicional, embora sejam ambos extremamente benéficos para este chakra.

 

Apesar de ter o nome de Quartzo Rosa ou Róseo, muitas vezes este cristal pode ser quase transparente, podendo ser confundido com outros.

 

É a pedra do amor incondicional e da paz infinita, motivo pelo qual é usado no chakra do coração, já que "ensina" a verdadeira essência do amor, purificando e abrindo o coração a todos os níveis, permitindo, assim, uma cura interior e aumento de amor próprio e autoestima.

 

Ao ser a pedra do amor incondicional, o Quartzo Rosa não só fortalece a empatia e a sensibilidade como ajuda também a aceitar mudanças que sejam necessárias. Ajuda a libertar emoções e dores emocionais reprimidas, ajudando a aceitar, por exemplo, o final de um relacionamento mal resolvido, e ajuda a aprender a amar-nos a nós próprios.

 

Além disso, é também um cristal calmante, podendo ser utilizado em momentos mais difíceis ou de grande ansiedade. O Quartzo Rosa liberta suavemente a energia negativa, substituindo-a por vibrações de amor, sendo considerada excelente para as chamadas "crises de meia idade".

 

Já a nível físico, este cristal fortalece não só o coração como o sistema circulatório, podendo aliviar problemas pulmonares e aumentar a fertilidade. É útil também em algumas doenças, como Alzheimer, Parkinson ou demência.

 

Diz-se que é a pedra que atrai o amor, bastando, para isso, colocá-la junto à cama ou num canto específico da casa. Se alguém quiser experimentar e tiver resultados, não deixe de comentar!