Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Pequena Reikiana

Um blog de uma reikiana em constante aprendizagem...

A Pequena Reikiana

Um blog de uma reikiana em constante aprendizagem...

Mito: Todos os reikianos são calmos

angry-2191104_960_720.jpg

 

Sim, sim. Um dos príncipios do Reiki diz-nos que "Só por hoje, sou calmo". Mas confesso que, ultimamente, este tem sido um GRANDE desafio para mim.

 

É certo que com o Reiki ando mais calma, com menos crises de ansiedade, mas, de vez em quando, a vida decide que está na altura de me voltar a colocar à prova. E, admito, não tenho passado muito bem no teste.

 

Há alturas em que parece que tudo começa a desmoronar. Tudo acontece ao mesmo tempo, vamos acumulando, tentando ter a tal calma e enfrentar os problemas. Mas há alguns problemas que nos ultrapassam e que não conseguimos resolver por nós próprios. Como ter calma nessas alturas?

 

Como ter calma quando tentamos ser as melhores pessoas possíveis, cumprir com as nossas obrigações profissionais e familiares, ajudar o próximo, e, mesmo assim, o Universo parece continuar a achar que não somos merecedores de algo? É difícil ter calma em alturas destas. Certo?

 

É difícil tentar ser uma boa pessoa quando sabemos que alguém nos está deliberamente a prejudicar. Mas eu continuo a tentar. E a tentar... e a tentar. Mas a minha calma está a acabar...

 

Se fosse antes de me ter iniciado no Reiki, já teria, com toda a certeza, explodido. Com o meu feitio, já tinha há muito tomado uma decisão radical. Mas o Reiki ajudou-me nisso, a controlar os meus impulsos menos bons e a ter mais calma na altura de falar. Comecei a pensar antes de falar, a ponderar antes de fazer algo.

 

As autocuras ajudam, não vou negar. Durante uns momentos, estou bem, os problemas quase desaparecem e consigo ter outra perspetiva. Mas... decidem novamente provocar a fera. E não há autocura que resista...

 

É certo que a filosofia de vida do Reiki promove o bem estar, não só o nosso, como os que nos rodeiam. Defende a virtude, a bondade e a calma. Mas também não podemos deixar que nos pisem, e é isso que sinto neste momento.

 

Talvez se as pessoas fossem menos egoístas e maldosas os reikianos fossem todos calmos... Assim, parece-me impossível. Somos humanos acima de tudo, temos sentimentos.

 

Desculpem o desabafo, mas a verdade é que nem todos os reikianos são sempre calmos. Eu, pelo menos, ainda não consegui atingir esse patamar.