Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Pequena Reikiana

Um blog de uma reikiana em constante aprendizagem...

A Pequena Reikiana

Um blog de uma reikiana em constante aprendizagem...

Como funciona uma sessão de Reiki

22560032539_9707b96f28_b.jpg

 

Ainda há muitas dúvidas sobre como decorre uma sessão de Reiki. Já aqui abordei em que consiste o Reiki mas nunca é demais desmistificar e explicar de forma clara todos os passos de uma consulta de Reiki. 

 

Antes de mais, numa sessão de Reiki a pessoa a ser tratada não precisa de tirar a roupa. Apenas o calçado e objetos metálicos, como relógio, brincos ou pulseiras. Nada mais.

 

A sala onde decorre a sessão costuma estar com música relaxante e incenso, pelo que as pessoas mais sensíveis aos cheiros dos incensos devem avisar antecipadamente para que não haja qualquer constrangimento nem mal-estar durante o tratamento.

 

Previamente, há também uma pequena conversa para saber os motivos pelos quais decidiram optar pelo Reiki e o que esperam alcançar com a sessão (ou sessões). Isto ajuda o terapeuta ou mestre de Reiki a saber a intenção da pessoa a ser tratada, para se focar essencialmente nesse aspeto.

 

Depois, basta deitar-se na marquesa ou sentar-se na cadeira (dependendo dos casos), relaxar e deixar que o terapeuta ou mestre de Reiki faça o seu trabalho. Não precisa de dizer nem pensar nada, aliás, quanto mais relaxado mais irá sentir a energia a fluir.

 

Há até quem adormeça durante as sessões de Reiki. De facto, muitos pacientes, principalmente quem tem várias sessões de Reiki, aproveitam este momento para descontrairem do dia-a-dia stressado e tirarem uns momentos para eles próprios, aproveitando para relaxar a mente e o corpo.

 

Outras pessoas, podem sentir algum desconforto inicial, pois não estão habituadas ao fluxo de energia. Contudo, em quase 100 por cento dos casos, isso desaparece ao fim de alguns minutos, o suficiente para o corpo entender o que se passa.

 

 

Alguns fatores a ter em conta

Infelizmente, a sociedade em que vivemos está cada vez mais acelerada. Vivemos em constante stress, a correr do trabalho para casa e vice-versa, com problemas pessoais ou profissionais pelo meio e acabamos por sobreviver em vez de viver.

 

Isto faz com que muitos dos que procurem o Reiki estejam totalmente desequilibrados numa primeira sessão. E tal facto afeta, não só o terapeuta ou mestre de Reiki, como também o próprio paciente.

 

Por isso é que algumas pessoas falam das chamadas consequências ou crises de cura de uma sessão de Reiki.

 

Há casos em que as pessoas, após uma sessão de Reiki, se sentem com mais energia e mais animadas, com uma maior força para enfrentar a vida e os problemas.

 

Mas também há casos em que as pessoas sentem muito sono, dores de cabeça, dores de estômago, diarreia, aumento da vontade de urinar, náuseas ou mesmo mal estar geral. Uma única sessão de Reiki pode também despoletar sentimentos antigos ou escondidos, pelo que crises de choro, ansiedade, irritabilidade ou tristeza sem motivo aparente.

 

Esses sintomas, que podem durar um ou mais dias, estão relatados e são mais comuns do que se pensa. E nada mais significam que os excessos e más energias que circulam no nosso corpo estão a ser expelidos.

 

Da mesma forma que quando comemos demais o nosso estômago incha e ficamos "enfartados" o mesmo se passa com o nosso corpo. E uma sessão de Reiki obriga o organismo a reequilibrar-se, dando origem a esses sintomas.

 

Por tudo isto, há quem faça uma única sessão de Reiki e pense que teve o efeito contrário, quando, de facto, a cura está a acontecer, mas tem as suas consequências, por vezes.