Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Pequena Reikiana

Um blog de uma reikiana em constante aprendizagem...

A Pequena Reikiana

Um blog de uma reikiana em constante aprendizagem...

O cristal de cada chakra: Quartzo Branco

rock-crystal-1607244_960_720.jpg

 

Já aqui abordei o tema do uso dos cristais em algumas sessões de Reiki. Mas sendo esta uma das minhas paixões, permitam-me que partilhe convosco mais sobre este assunto.

 

Pretendo, ao longo do tempo, ir abordando cada um dos cristais correspondentes aos principais chakras, dando depois seguimento a outros cristais únicos e com enormes potencialidades.

 

Neste primeiro texto, irei focar-me no cristal correspondente ao chakra da Coroa, situado no topo da nossa cabeça.

 

 

Quartzo branco

Um dos mais poderosos cristais curativos e amplificadores de energia. Encontrado em todo o mundo, ele absorve, armazena, liberta e regula a energia, sendo excelente para desbloquear energias.

 

Este cristal atua a um nível vibracional que está em sintonia com as exigências energéticas de cada pessoa, conduzindo a energia ao estado mais perfeito possível. De certa forma, pode-se dizer que atua como uma pedra de profunda limpeza da alma, estabelecendo a ligação entre a dimensão física e a mente.

 

A nível espiritual, o Quartzo Branco expande a energia ao nível mais elevado possível, sendo considerados "uma biblioteca espiritual à espera que se aceda", motivo pelo qual é também o mais eficaz recetor de programação.

 

Ajudando na concentração e na memória, este cristal é, igualmente, um meste curativo, podendo ser utilizado para o alívio de qualquer sintoma. Estimula o sistema imunitário e equilibra o corpo, sendo excelente para aqueles que se sentem aprisionados ou asfixiados por algum motivo.

 

Além disso, o Quartzo Branco pode ser usado em qualquer local ou parte do corpo, sendo uma mais-valia para os que têm dificuldade em meditar.

 

Aliás, este cristal pode ser usado em qualquer chakra, caso não tenhamos nenhum dos outros e é o ideal para limpar ambientes antes de tratamentos. 

 

Uma das curiosidades deste cristal é que, quando o temos na mão, duplicamos o campo biomagnético. Tal facto foi observado e comprovado através de uma câmara Kirlian.

 

Mito: Todos os reikianos são calmos

angry-2191104_960_720.jpg

 

Sim, sim. Um dos príncipios do Reiki diz-nos que "Só por hoje, sou calmo". Mas confesso que, ultimamente, este tem sido um GRANDE desafio para mim.

 

É certo que com o Reiki ando mais calma, com menos crises de ansiedade, mas, de vez em quando, a vida decide que está na altura de me voltar a colocar à prova. E, admito, não tenho passado muito bem no teste.

 

Há alturas em que parece que tudo começa a desmoronar. Tudo acontece ao mesmo tempo, vamos acumulando, tentando ter a tal calma e enfrentar os problemas. Mas há alguns problemas que nos ultrapassam e que não conseguimos resolver por nós próprios. Como ter calma nessas alturas?

 

Como ter calma quando tentamos ser as melhores pessoas possíveis, cumprir com as nossas obrigações profissionais e familiares, ajudar o próximo, e, mesmo assim, o Universo parece continuar a achar que não somos merecedores de algo? É difícil ter calma em alturas destas. Certo?

 

É difícil tentar ser uma boa pessoa quando sabemos que alguém nos está deliberamente a prejudicar. Mas eu continuo a tentar. E a tentar... e a tentar. Mas a minha calma está a acabar...

 

Se fosse antes de me ter iniciado no Reiki, já teria, com toda a certeza, explodido. Com o meu feitio, já tinha há muito tomado uma decisão radical. Mas o Reiki ajudou-me nisso, a controlar os meus impulsos menos bons e a ter mais calma na altura de falar. Comecei a pensar antes de falar, a ponderar antes de fazer algo.

 

As autocuras ajudam, não vou negar. Durante uns momentos, estou bem, os problemas quase desaparecem e consigo ter outra perspetiva. Mas... decidem novamente provocar a fera. E não há autocura que resista...

 

É certo que a filosofia de vida do Reiki promove o bem estar, não só o nosso, como os que nos rodeiam. Defende a virtude, a bondade e a calma. Mas também não podemos deixar que nos pisem, e é isso que sinto neste momento.

 

Talvez se as pessoas fossem menos egoístas e maldosas os reikianos fossem todos calmos... Assim, parece-me impossível. Somos humanos acima de tudo, temos sentimentos.

 

Desculpem o desabafo, mas a verdade é que nem todos os reikianos são sempre calmos. Eu, pelo menos, ainda não consegui atingir esse patamar.

O Reiki na gravidez

pregnant-2720434_960_720.jpg

 

Sim, o Reiki também é benéfico para as grávidas. Qual a surpresa? Aliás, considero que o Reiki na gravidez é até bastante benéfico quer para a mãe, quer para o bebé.

 

A gravidez é um período tanto de felicidade como de ansiedade para a futura mãe. Principalmente se for a primeira gravidez. Há inúmeras mudanças físicas e psicológicas que acontecem, antes e após o parto. Por isso, faz todo o sentido que as grávidas possam beneficiar do Reiki.

 

Vendo os benefícios do Reiki, é fácil constatar o porquê. O Reiki ajuda a equilibrar o organismo e excessos que possam existir. Numa grávida, o Reiki ajuda a aliviar alguns dos principais sintomas, como ansiedade, náuseas, sono, cansaço, mudanças de humor, dores de cabeça, entre outros. Da mesma forma, ajuda a aliviar as dores físicas no corpo que se fazem sentir mais para o final da gravidez.

 

Com algumas sessões de Reiki, as grávidas podem sentir-se mais relaxadas, mais preparadas para o momento do parto, e ter uma gravidez mais calma, o que está comprovado que é benéfico para o próprio bebé. Dado que o Reiki desbloqueia as energias estagnadas que possam existir, a circulação sanguínea também será beneficiada, ajudando na passagem dos nutrientes necessários para o bebé.

 

Uma questão que muitos colocam é se a sessão beneficia só a mãe ou também o bebé. Pelo que me tenho apercebido, e pelo que já pesquisei, a energia será sempre a mãe, a menos que, por qualquer motivo esporádico, o bebé necessite. A energia do Reiki flui para onde é necessária, diz-se mesmo que é "inteligente", pelo que ela sabe sempre onde é mais necessária. E, em quase 100 por cento dos casos, é para a mãe que ela flui, já que a mãe é quem mais necessita, embora isso beneficie o bebé indiretamente, já que a futura mamã irá estar mais relaxada, menos ansiosa e mais bem humorada.

 

Há também a questão das crises de cura. Claro que estas podem acontecer numa grávida que tenha uma sessão de Reiki pela primeira vez, mas não passarão de isso. Até ao momento, não há qualquer contrapartida vereficada de ter sessões de Reiki ou praticar Reiki em si própria durante a gravidez, muito pelo contrário.

 

Contudo, e como gosto sempre de lembrar, o Reiki é uma terapia complementar pelo que o acompanhamento médico nunca deve ser negligenciado. Aliás, cada vez mais médicos aconselham as grávidas a experimentar terapias complementares nesta fase, sempre em consonância com os exames médicos.

 

Os cristais e a sua utilização no Reiki

precious-1432335_960_720.jpg

 

Usados por muitos como amuletos ou apenas pela beleza dos mesmos, os cristais são muito mais do que isso. Pessoalmente, desde sempre que tenho um fascínio por cristais, e quando descobri que alguns deles podem ser usados nas sessões de Reiki, dediquei-me a entender mais esse aspeto e as suas potencialidades.

 

Há muito que se associa os cristais a curas e proteções, existindo mesmo a Cristaloterapia que utiliza a energia e vibração dos cristais para tratamentos.

 

No Reiki, os cristais também podem ser usados especificamente para tratar alguns chakras, desbloqueando e melhorando o seu fluxo de energia.

 

Pessoalmente, tenho por hábito utilizá-los nas primeiras sessões, caso me depare com bloqueios ou energia negativa nalguns dos chakras, mas raramente são todos necessários.

 

O porquê de os usar é simples. Ajudam a libertar a energia e deixar o fluxo de energia seguir o seu rumo natural. São uma pequena ajuda ao terapeuta e à própria pessoa que recebe o tratamento.

 

Na verdade, se não se usar os cristais, a energia flui da mesma maneira. O que os cristais fazem é ampliar esse fluxo, desbloqueando mais facilmente, por exemplo, os chakras. Ou seja, em vez de demorar duas ou três sessões de Reiki para colocar um chakra mais equilibrado, consegue-se isso numa sessão.

 

Claro que isto tem o seu senão em algumas pessoas. As crises de cura podem ser mais frequentes, dado que com os cristais o que seria feito em três sessões é feito numa. É compreensível. É também mais complicado de aceitar, dado que é normal as pessoas não gostarem de ter sintomas desagradáveis após uma sessão, mas, por outro lado, nem toda a gente tem o tempo ou dinheiro necessário para fazer sessões semanais, pelo que considero esta uma forma mais justa e rápida de ajudar as pessoas.

 

Ou seja, ao juntar a Cristaloterapia ao Reiki os benefícios são mais imediatos e prolongados.

 

A termo de curiosidade, deixo aqui os cristais utilizados nas sessões de Reiki, com o seu chakra correspondente.

 

Quartzo branco - utilizado para o chakra da coroa

Ametista - utilizado para o chakra do 3º olho

Lápis-lazuli - utilizado para o chakra da garganta

Aventurina verde ou quartzo rosa - utilizado para o chakra do coração

Citrino ou Jaspe Amarelo - utilizado para o chakra do plexo solar

Cornalina - utilizado para o chakra do umbigo

Jaspe Vermelho - utilizado para o chakra da raíz

 

 

Para saber mais sobre o chakras dê uma vista de olhos neste artigo.

 

O pêndulo como uma ferramenta de auxílio

pendule-1197597_960_720.jpg

 

Nem todos os terapeutas de Reiki o usam mas eu, pessoalmente, não dispenso o pêndulo. Principalmente nas primeiras consultas em que não conheço a pessoa nem a sua situação.

 

O pêndulo, usado para inúmeras situações, nada mais é que um instrumento de radiestesia que mede as energias ou vibrações. Os de cristais, para mim, são os melhores (além de mais bonitos também). Isto porque como o Reiki tenta melhorar as energias das pessoas, os pêndulos de cristal indicam muito facilmente se um determinado chakra está equilibrado ou não.

 

Há quem ache o seu uso desnecessário mas, no meu caso, é uma prática comum na primeira sessão que faço a uma pessoa. Há quem ache estranho, há quem esteja já acostumado a isso, e há quem nem queira saber. Mas eu faço sempre questão de avisar antes o que vou fazer, até porque gosto que as pessoas vejam com os seus próprios olhos a diferença antes e depois de uma simples sessão de Reiki.

 

E a diferença é realmente notória. Posso afirmar que na grande maioria dos casos, após uma sessão de Reiki todos os chakras estão equilibrados, após verificação com o pêndulo. Porque é para isso que ele é usado. Para verificar que todos os chakras da pessoa ficaram equilibrados, sendo uma garantia para a pessoa e para o próprio terapeuta.

 

Isto porque o terapeuta faz o seu trabalho mas, muitas vezes, não tem como saber se realmente surtiu o efeito desejado, já que há casos em que uma simples sessão não é suficiente. E o pêndulo retira essa dúvida. A meu ver, é uma ferramenta bastante útil para se utilizar no Reiki e que dá ainda mais credibilidade ao mesmo.

 

Infelizmente, os chakras não se mantém equilibrados sempre. Se tal acontecesse bastava uma sessão e ficava o assunto arrumado. O dia-a-dia, as preocupações, as emoções, os pensamentos, levam a que os chakras voltem a ficar desequilibrados, portanto, se não souber como fazer uma autocura, é aconselhável, repetir as sessões para assegurar os seus benefícios a longo prazo.

 

 

As horas iguais...

fantasy-2879946_960_720.jpg

 

Há algo que me acontece constantemente desde há uns tempos para cá e que, confesso, por vezes, até me irrita. Falo de estar constantemente a ver horas iguais. Já vos aconteceu?

 

Ao início confesso que não prestei muita atenção, até achava piada. Até ao dia em que comentei isso com uma amiga, curiosamente também reikiana, e que me disse que lhe acontecia o mesmo e que isso tinha um signficiado. Como assim??? Passo a explicar.

 

Segundo o que encontrei, ver horas iguais significa que "alguém" nos quer transmitir uma mensagem. Sejam os nossos guias, os nossos anjos, o universo, como quiserem chamar. Não sei se isto é verdade ou não, sei que como me está sempre a acontecer comecei a ir ver o que significava e, confesso, na maior parte das vezes faz todo o sentido naquele momento.

 

Por isso, e apesar de isto não ter nada a ver com Reiki, decidi partilhar convosco esta curiosidade.

 

ATENÇÃO: o significado das horas não foi escrito por mim, apenas partilho convosco o que costumo ver.

 

 

 

Aqui segue a lista dos significados:

 

01:01 – Comece um novo projeto, abra espaço para o novo em sua vida. Faça alguma coisa nova! Talvez estudar uma nova língua, um novo corte de cabelo, uma viagem.

 

02:02 – Invista em novas amizades, novos relacionamentos, se sociabilize. Procure novos grupos e pessoas das suas áreas de interesse. Por exemplo, se você gosta de dançar, procure um grupo de pessoas que possuem afinidade com a dança.

 

03:00 – Eu quis incluir esse horário aqui, pois muitas pessoas tem o costume de acordar as 3h da manhã em ponto. Você sabe porque isso acontece? Porque segundo os mentores do plano espiritual, é o horário em que a Terra fica mais crítica, com a energia mais densa e contaminada pelo lixo psíquico da humanidade. Normalmente, se você é acordado nesse horário é porque tem potencial para ajudar a aliviar o psiquismo da Terra com suas orações, com Reiki e outras práticas que você conheça. Se você orar antes de dormir, provavelmente não será acordado, pois você já fez a sua parte em contribuir para um psiquismo mais leve no mundo, sem reclamações e tristeza.

 

03:03 – Equilibre a sua energia, encontre o caminho do meio, o seu centro. Pare de oscilar entre as polaridades + e -.  O centramento é seu maior aliado.

 

04:04 – Cuidado com o excesso de preocupações da vida material. Procure se organizar com uma lista de tarefas e pendências e alivie sua mente de preocupações. Preocupação não resolve problemas. Organização e ação sim!

 

05:05 – Saia do seu casulo e mostre-se para o mundo. Se você sofre de timidez, é hora de agir para trabalhar essa questão. Procure um bom terapeuta, faça práticas de expressão, como aulas de canto ou teatro. Saia da casca!

 

06:06 – A família é a união de espíritos, que se unem por laços cármicos e de afinidade. A felicidade da sua família não depende de você e a sua felicidade não depende deles. Dê limites aos seus familiares e preserve mais a sua intimidade. Nem tudo deve ser compartilhado onde há muito carma envolvido. Ame muito seus familiares, mas mantenha o equilíbrio entendendo que amar não é interferir no livre arbítrio alheio e reserve-se energeticamente.

 

07:07 – Você precisa se dedicar mais ao seu lado intelectual e procurar estudar mais. Encontre um assunto que você goste e esse estudo será prazeroso. O conhecimento não pode ser confundido com sabedoria, mas ele aniquila a ignorância. Em que ponto da sua vida você precisa estudar mais? Espiritualidade? Área Financeira? Relacionamentos??? Pense nisso!

 

08:08 – É hora de dar mais importância à sua organização financeira. Como está a sua prosperidade? Seu fluxo financeiro é equilibrado? Seu dar e receber estão na mesma proporção? Você é feliz e equilibrado nesta questão? Procure ajuda, pois a área financeira é uma das que mais facilmente se desequilibram.

 

09:09 – É hora de finalizar e colocar em prática os projetos que você começou e não terminou. Pense sobre eles, descarte aqueles que você definitivamente não quer mais e ponha em prática aqueles que você já começou.

 

10:10 – É hora de limpar o passado e se concentrar no momento presente. Limpe a estrada do seu passado e não olhe mais para trás. Comece organizando sua casa, seus armários, gavetas e tudo o que estiver bagunçado na sua vida. Faça uma triagem nas suas roupas, calçados, objetos, e liberte-se dos cacarecos, doando ou mesmo vendendo em sites de objetos usados. Deixe em sua casa somente aquilo que é utilizado. Juntar cacarecos tranca o fluxo de energia e cada vez mais você se torna um ser triste e preso ao seu passado. Não tem como o novo chegar se sua vida estiver entulhada de tranqueiras físicas e emocionais. Quando limpamos as físicas, as emocionais também sem limpam.

 

11:11 – É uma chamada urgente do plano espiritual para você  se espiritualizar e buscar um caminho que eleve seu espírito. São seus mentores dizendo que é hora de buscar desenvolvimento e consciência espiritual, antes que alguma doença se instale. É a última chamada para evoluir pelo amor. A próxima chamada será através da dor de uma doença grave.

 

12:12 – É o plano espiritual dizendo que você precisa de equilíbrio entre os corpos físico, emocional, mental e espiritual. É hora de parar, pensar e se conectar a Deus através da natureza, do estado contemplativo, do relaxamento, da meditação.

 

13:13 – Se você não buscar novidades na sua vida, a tendência é que você fique triste, melancólico e até depressivo. Procure novidades sempre! Novas músicas, novos sabores, novas cores…

 

14:14 – Nesse caso, é um “puxão de orelhas” mais forte no que se refere a sair do casulo. Você precisa se sociabilizar, se divertir, participar de algum grupo, fazer alguma atividade com mais pessoas.

 

15:15 – Pare de se preocupar tanto com o que as outras pessoas pensam a seu respeito. Tome suas decisões baseando-se nas suas vontades e não nas vontades dos outros. Faça suas escolhas de acordo com seus desejos! Liberte-se das opiniões alheias!!!

 

16:16 – Existem muitas maneiras de evoluir e aprender, mas três coisas sempre estão presentes nesse caminho: estudo/leitura, silêncio e resiliência. Pratique!!!

 

17:17 – Prosperidade não se trata somente de dinheiro, mas de ter abundância em todos os aspectos. Abundância de bons relacionamentos, felicidade, saúde e também dinheiro. Sem esses quatro elementos, nenhuma pessoa pode se considerar próspera.  Direcione seu foco para um estado de espírito próspero.

 

18:18 – É hora de colocar um ponto final em tudo o que atrapalha a sua vida! De pessoas que não agregam em nada até sapatos apertados! Chegaaaaa! Dê o seu grito de liberdade e mande embora tudo aquilo que lhe faz infeliz!

 

19:19 – Pense na sua missão de vida, reflita sobre ela! O que você veio fazer aqui na Terra? Em que assunto você pode se tornar um  ajudante de Deus para fazer um bom trabalho aqui no mundo? Em que área Deus pode contar com você? Você é um bom amigo, conselheiro, é bom na resolução de problemas? Se Deus lhe pedisse ajuda para tornar o mundo um lugar melhor, o que você poderia oferecer a ele?

 

20:20 – É hora de agir. Porque tanta lentidão? Você não nasceu com seus pés colados no chão. Levante-se daí e movimente-se em busca dos seus sonhos e objetivos!!! Faça alguma coisa agora, anote, crie um projeto!!! O sucesso é construído à noite! Vamos lá! Mãos a obra! Abandone a preguiça e recupere o tempo perdido com lamentações!

 

21:21 – É hora de ajudar outras pessoas a encontrarem um caminho de luz. Tem tanta gente precisando de ajuda neste mundo! Seja com um conselho, uma doação de dinheiro, de tempo, de carinho, você pode contribuir de alguma forma. Ajude alguém todos os dias. Seja gentil, caridoso! Tenha mais paciência! Leve mais amor para o mundo. Ele está dentro de você!

 

22:22 – Dê mais atenção para a sua saúde. Negligência com o corpo físico, que Deus lhe emprestou com tanto amor para que você pudesse evoluir aqui na Terra, gera um grande carma. Cuide-se. Alimente-se melhor, pratique alguma atividade física, melhore sua hidratação, durma bem, respire melhor… Liberte-se dos vícios emocionais (raiva, medo, mágoa, tristeza) pois eles geram doenças. É difícil ter sucesso na vida com um corpo debilitado pelas suas ações irresponsáveis!!!

 

23:23 – Você é muito mais do que você imagina. Exija mais dos seus potenciais. Você pode ir mais além. Muito mais.

 

00:00 – Você é a semente divina de um Deus ilimitado, poderoso e misericordioso. A árvore mora na semente. Sem semente não existe árvore. E você é uma semente que tem potencial para ser uma árvore com todos os dons de Deus. Apenas seja!

 

 

Fonte: www.luzdaserra.com.br/horas-iguais

 

O Reiki e a depressão

sad-2042536_960_720.jpg

 

Com a chegada do frio, chega também a depressão sazonal, altura em que cerca de 30% da população apresenta um aumento da ansiedade, alterações do sono, alterações no apetite, fadiga constante, hipersensibilidade ou alterações de humor sem explicação.

 

Se tem sentido algum ou alguns destes sintomas, o mais provável é que sofra de depressão sazonal. Se este tipo de depressão é mais fácil de tratar, com uma boa alimentação, exercício físicos, passeios ao ar livre, a depressão dita normal, infelizmente, não passa tão facilmente.

 

Se vários psicólogos já apontam as terapias complementares, como o Reiki, para o tratamento da depressão sazonal, também a aconselham para todos os tipos de depressão, já que é uma das doenças onde o Reiki pode ser mais benéfico e aliviar os sintomas sem precisar de exagerar nas doses de medicação.

 

Resumidamente, a depressão caracteriza-se por perturbações que incluem sintomas como angústia, tristeza profunda, frustação, desânimo, desmotivação, falta de vontade, falta de apetite, fadiga constante, dormir demais ou sofrer de insónias, entre outros. Estas podem resultar de um evento traumático ou de um conjunto de situações que levam a que uma pessoa chegue a este ponto.

 

São vários os casos e os motivos e não é esse o motivo deste texto. Aqui, pretende-se explicar como o Reiki pode ajudar nestes casos, sejam eles sazonais ou permanentes.

 

Sendo que a depressão é uma doença do foro mental, o Reiki ajuda não só na redução da ansiedade como potencia o relaxamento e ajuda a libertar bloqueios emocionais que poderão estar por trás da depressão. Em vários casos, o Reiki despoleta sentimentos reprimidos, por vezes por anos, o que ao início levará a pessoa a entender melhor o motivo pelo qual entrou numa depressão (caso não o saiba) e aprender como lidar com eles e se libertar mesmo.

 

Da mesma forma, o Reiki ajuda a pessoa a sentir-se melhor, com mais vitalidade, força de viver e resolver os seus problemas, ajudando ainda a regular o sono e aumentar a concentração.

 

Contudo, como sempre digo, cada caso é um caso. Se numa depressão sazonal duas ou três sessões são suficientes, numa depressão "normal" são precisas mais sessões, até porque podem surgir emoções antigas que precisam de ser libertadas e tudo isso demora o seu tempo.

 

Cada pessoa tem o seu próprio tempo, e no Reiki funciona da mesma forma. A recuperação de uma pessoa depende também dela própria, pelo que as sessões podem ser mais ou menos consoante a força de vontade da própria pessoa em mudar.

 

Por fim, é também importante referir que apesar de o Reiki ser eficaz e benéfico no tratamento da depressão, tal não invalida que a pessoa necessite de acompanhamento médico ou medicamentos. Embora nos Estados Unidos muitas pessoas estejam a abandonar os tratamentos médicos para depressão substituindo-os por medicinas alternativas ou complementares, tal não é aconselhado, dado que os terapeutas de Reiki não substituem os médicos.

 

O que são os chakras?

Chakras 7 ceu sol.jpg

 

Seja no Reiki como noutras terapias complementares, os chakras são cada vez mais falados. Mas será que todos sabem o que são os chakras?

 

De uma forma resumida, a palavra chakra vem do sânscrito e significa "roda", "disco" ou "vórtice". Ou seja, são centros ou pontos de energia ligados entre si por um canal que percorre todo o corpo, denominado de Nadi. Os Vedas (5.000 a.C.) contêm os mais antigos registros sobre chakras de que se tem notícia, embora o termo tenha ganhado notoriedade nos últimos anos devido às várias medicinas e terapias complementares.

 

Apesar de termos milhares de chakras espalhados pelo corpo, são sete os principais, já que estão diretamente ligados a sete principais glândulas. Cada um destes chakras tem a sua função física, emocional ou espiritual pelo que é importante mantê-los sempre em "funcionamento".

 

Contudo, nem sempre isso acontece. Num corpo saudável e equilibrado estes vórtices ou rodas, denominados de chakras, giram a grande velocidade, deixando a energia fluir para os restantes pontos essenciais. Mas quando existe um deles abranda o fluxo de energia reduz, provocando bloqueios que depois passam para o corpo físico.

 

Parece complexo mas, na verdade é bastante simples. Se tivermos pensamentos negativos, isso irá gerar energia negativa, que será levada de um chakra para os restantes, criando não só desequilíbrio como até doenças em alguns casos. O mesmo se passa com a má alimentação, que pode provocar bloqueios na energia, dando origem a problemas físícos em órgãos específicos.

 

 

Vejamos então quais são os principais chakras:

  • Chakra da Base ou Raíz: diretamente ligado à terra, este chakra encontra-se na base da coluna vertebral e é fundamental para o nosso corpo físico. Se estiver equilibrado, a pessoa sente-se bem, otimista e com bastante vitalidade. Caso este chakra tenha energia a mais ou esteja bloqueado,a pessoa pode apresentar sintomas de egoísmo, irritação ou agressividade.
  • Chakra do Umbigo: situado na região do útero, um pouco abaixo do umbigo, este chakra está relacionado com o karma, sentimentos antigos e família. Se equilibrado, a pessoa encontra-se mais amigável, aberta e criativa, mas em caso de falta de energia ou bloqueio pode causar problemas emocionais, excessos ou doenças físicas.
  • Chakra do Plexo Solar: localizado na base da caixa torácica, este chakra está ligado ao nosso autocontrolo, humor e emoções. Por isso, se estiver a funcionar corretamente, a pessoa irá sentir-se mais realizada nos seus objetivos, enquanto se estiver fraco ou bloqueado, aparecerão medos e inseguranças.
  • Chakra do Coração: mesmo no centro do peito, este chakra liga os anteriores aos restantes, sendo o ponto onde todos convergem. Ao estar equilibrado, a pessoa sente uma grande paz interior e vontade de ajudar o próximo. Se houver algum desequilíbrio, a pessoa estará constantemente com mudanças de humor podendo mesmo ter problemas de coração.
  • Chakra da Garganta ou Laríngeo: situado precisamente na garganta, este chakra está diretamente ligado à comunicação e à expressão. Em caso de equilíbrio, potencia a livre comunicação e ajuda na meditação, enquanto se estiver desequilibrado pode levar a problemas físicos, cansaço ou depressão.
  • Chakra do Terceiro Olho: talvez o mais falado, este chakra encontra-se no meio da testa e é considerado como o centro da intuição ou do sexto sentido. Desta forma, se equilibrado, potencia a intuição, a sabedoria, a imaginação e concentração. Se estiver com energia a mais ou bloqueado pode causar medos, problemas de visão, dores de cabeça ou ataques de pânico.
  • Chakra da Coroa: localizado no topo da cabeça, este chakra afeta o corpo espiritual e ajuda-nos a ter uma maior orientação. Se estiver equilibrado, a pessoa sente-se confiante nas suas decisões, mas quando encontra algum bloqueio a pessoa sente-se desorientada, confusa e sem rumo, ficando muitas vezes ansiosa por isso.

 

 

chakras.jpg

 

 

 

Pág. 2/2